O maior poeta que conheço escreveu na terra

Não havia se formado em nenhuma faculdade, não possuía uma caneta de ouro, nem tinha como utilizar todos os caracteres que a tecnologia nos disponibiliza. Também não estava num contexto romântico, que pudesse lhe inspirar a escrever, pelo contrário, estava sob pressão, cobrado a resolver uma situação crítica e complicada “pra ontem”.

O mais curioso, é que não faço ideia do que foi escrito ali, e mesmo assim tenho certeza de que ele foi e é o melhor poeta da história! Me interesso muito mais pelo fato de que o interromperam, menosprezando completamente o escrito do poeta! Então, pacientemente (por conta da pressão e insistência alheia), endireitou-se, resolveu a situação com uma única frase (cara, ele tinha que ser muito incrível mesmo!! Desculpe, mas não podia deixar de dizer isso!), e inclinando-se novamente, voltou a escrever.

O maior poeta que conheço escreveu na terra porque a própria terra já fazia parte de sua poesia, pois era sua criação. Além da terra, sua poesia era composta por céu, mar, e TUDO o mais que no mundo há. Sabe por que não me importo em saber o que ele escreveu ali, naquele momento? Porque é só olhar ao meu redor, em todo tempo, em qualquer lugar; e verei toda poesia por Ele escrita. Sim, meu caro, Deus é poeta!

[Texto base: João 8.1-11]

Via Rotineiras